Skip to content

PIS a Pagar, Prepare o Bolso!





A situação de PIS a Pagar indica que a instituição contratante não cumpriu com a sua obrigação, agora o cotista sofre as consequências do ato.

Desde 1970, o PIS está em vigor no Brasil. Primeiramente vamos conhecer o que significa a sigla PIS.

Sua sigla representa Programa de Integração Social, que foi criado para colaborar com a distribuição da renda nacional, assim as empresas começaram a depositar um fundo para cada um de seus funcionários.

Todas as companhias, tanto as com regime CLT quanto as públicas, passaram a ser obrigadas a colaborar para o funcionamento do programa.




Para os funcionários com CLT o PIS era instituído, já o funcionalismo público contou com o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público).

Com esses programas os empregados, de todos os estados brasileiros, puderam participar da arrecadação das empresas que os empregavam.

No entanto, nem todas essas firmaram suas obrigações durante o período e somente nos dias de hoje esse problema foi notado.

Entenda a situação do PIS a pagar:

O Que Quer Dizer PIS A Pagar?

pis a pagar
PIS a Pagar, Prepare o Bolso!

O PIS e o PASEP foram criados na mesma época e com o intuito bem parecido, que é gerar uma maior interação entre o crescimento das empresas e o ganho de seus colaboradores.

Assim ele passou a melhorar a economia e colaborar com um auxílio para os portadores de CLT ou dos indivíduos que atuavam com o funcionalismo público.




Dentro desses programas dois itens eram oferecidos, que continuam até os dias de hoje, que são o Abono Salarial e o Seguro Desemprego. Com o tempo esses projetos foram destituídos, mas os direitos dos trabalhadores ganharam outros nomes e benefícios.

As companhias foram obrigadas a manter um pagamento que varia de acordo com a sua atuação. Assim, a quantia do PIS a pagar é de 0,65% ou 1,65% do faturamento e 1% da Folha de Pagamento. A importação, que nem todas as empresas realizam, também conta uma determinada porcentagem.

A regulamentação do PIS a pagar muda de acordo com o porte e nicho da companhia, assim cada grupo se enquadra em um caso distinto.Esses são adaptados de acordo com a atividade exercida e registrada no CNPJ.



As datas para o pagamento são estipuladas no 1º do art. 22 da Lei nº 8.212/91, assim os contribuintes devem realizar o pagamento no vigésimo quinto dias do mês, subsequente aos valores gerados. Assim todo 25° dia, as porcentagens do mês anterior devem ser pagas.

Se Meu PIS Está A Pagar, Já Posso Sacar?

Toda empresa deve fornecer a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) ao Governo, a partir dela são realizadas as conferências e distribuições necessárias.

Assim é possível determinar quais os trabalhadores que possuem direitos pendentes e as companhias que atuam de maneira licita e transparente.

Entenda para que serve os dados apresentados no RAIS:

– Vigorar a legislação nacional trabalhista;

– Gerenciar os processos do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS);

– Identificar os tramites do FGTS;

– Indicar os trabalhadores que devem receber o Abono Salarial;

– Controle absoluto dos benefícios e programas que envolvem os trabalhadores brasileiros.

A importância dessas informações é tão grande que até as empresas sem funcionários devem passa-las ao Governo, assim como ocorre com os CNPJs de MEI (Microempreendedor Individual).

Infelizmente, se existe o problema do PIS a pagar, nesse caso os dados apresentados na RAIS são indevidos, o trabalhador não pode realizar o saque.

Sendo assim, deve procurar um advogado para reaver a situação e recorrer.

PIS A Pagar: A Partir De Quando Posso Receber?

O valor do PIS só pode ser recebido se a companhia atuou de maneira correta e dentro das regulamentações do Governo. Caso um problema de falta de pagamento ou valores errôneos, na RAIS, a mesma deve ser avisada e cobrada, e assim o trabalhador pode receber.

Esse trâmite pode ser realizado por meio de um advogado trabalhista, que atua com a missão que requerer na justiça os direitos dos contribuintes, sejam eles públicos ou em regime CLT. Esse profissional possui todo o conhecimento necessário para tal tarefa.

Vale salientar que essas receberão multa por esses problemas, além de passarem por um processo rigoroso de fiscalização, para a conferencia dos anos anteriores e tramites contábeis. As multas variam de acordo com a situação de cada instituição.

No Extrato Do PIS Está Identificado “A Pagar”?

O extrato do PIS pode ser consultado nos caixas eletrônicos, de agencias bancarias, ou pela internet. No entanto, algumas pessoas se deparam com um problema o PIS a pagar, apontado durante a consulta.

O PIS a pagar significa que a empresa ainda não realizou o deposito do valor devido, assim o trabalhador fica impedido de retirar a quantia ali definida. Esse problema pode ocorrer pela incompatibilidade dos dados apontados na RAIS.

A RAIS é um recurso usado para o controle de transações e recebimentos de cada instituição, assim os valores e benefícios dos colaboradores podem ser calculados e irregularidades evitadas.

Em outros casos a data ainda não entrou em vigência, assim a empresa ainda possui dias para realizar o pagamento. Essa é estipulada por períodos. Mas em ambos os casos o contribuinte não pode sacar o valor.

tenho pis a pagar

Como Saber Se O PIS Está A Pagar No Site Da Caixa

A consulta do valor do PIS é realizada em um caixa eletrônico ou por meio do site da CAIXA. Na consulta pela internet o extrato pode ser visto com as regularidades apontadas, assim o trabalhador pode saber o valor que pode ser retirado e o que está retido.

No caso de pagamento retido, o benefício fica demarcado como “PIS a pagar”, para facilitar a identificação. Assim fica claro que a empresa são realizou a transferência para o beneficiário, seja por problemas na RAIS ou pela data de vencimento.

Como Saber Se O PIS Está A Pagar Pelo Aplicativo

A vida dos contribuintes tornou-se mais simples com o avanço da tecnologia, agora não é necessário comparecer no banco todas as vezes que precisa consultar um extrato.

As instituições bancárias disponibilizam as consultas online e outros métodos de acesso.

Para facilitar a rotina dos trabalhadores, a CAIXA lançou o “Aplicativo do Trabalhador”, para que as consultas fiquem mais simples e rápidas.

Pelo celular é possível verificar a situação do PIS, Abono Salarial, Calendário de Pagamento, Parcelas e o Seguro-Desemprego.

A navegação requer somente o uso de um smartphone e uma conexão com a internet.

Para que isso ocorra com sucesso basta baixar o APP na loja de aplicativos do sistema do celular (APP Store ou Apple Store).

O sistema ainda conta com uma calculadora, para criar uma estimativa do abono salarial. Ela utiliza o valor do salário e os meses trabalhados.

É muito útil para saber, uma média, dos lançamentos futuros. Vale lembrar que as pessoas que não possuem esses recursos podem simplesmente procurar uma agencia da CAIXA para verificar a situação de seu PIS.

Assim como no extrato convencional, os valores para o recebimento ficam demarcados. Com facilidade é possível saber se a empresa realizou a transferência ou não, pois os números possuem descrições, tais como pago ou a pagar.

Veja as explicações sobre o PIS a pagar: